(11) 4035-4927 (11) 97118-7714

cemiterio animais

HISTÓRIA DA CREMAÇÃO

O Hábito da cremação é milenar, um dos processos mais antigos praticados pelo homem, por ser considerado uma medida prática e higiênica.

Os gregos por exemplo já tinham essa prática por volta de 1.000 A.C, tanto para eles como para os romanos a cremação era considerada um destino nobre aos falecidos, tanto que só se enterravam os criminosos, assassinos e suicidas.

O fogo era considerado naquela época um Deus, e eles acreditavam no seu poder de purificação e na proteção que ele exercia sobre o corpo contra maus espíritos.

 

VANTAGENS DA CREMAÇÃO

Também comum é a pratica de se enterrar o amiguinho no quintal, sem dúvida algo mais digno para ele, porém do ponto de vista ambiental é algo totalmente reprovável, pois os líquidos da decomposição “Necrochorume”, é altamente poluidor, tanto para o solo quanto para algum lençol de água, que pode ser contaminado, o que provocaria graves doenças, inclusive hepatite.Infelizmente a maioria dos animaizinhos vive muito menos que o ser humano, e nessa dolorosa hora não sabemos o que fazer, infelizmente é normal em nosso país, vermos pessoas jogando o amiguinho falecido em algum terreno baldio, o que além de muito indigno, atrai roedores e abutres e dessa forma se pode ter espalhada ainda alguma doença.

O poder público no geral também não dispõe do correto serviço de recolhimento e incineração, como deveria por lei existir, embora que o cuidadoso, portanto quando você entrega seu amiguinho falecido a uma clínica veterinária e ela aciona a vigilância sanitária para o recolhimento, não se espante que o destino dele seja o lixão ou aterro sanitário de seu município.

Ainda pouco difundida no nosso país, a Cremação, é sem dúvida um processo absolutamente digno e respeitoso a seu amiguinho, e do ponto de vista ambiental, a melhor forma de solucionar esse grave problema que afeta e contamina os solos, pois após realizada a cremação, as cinzas são absolutamente inertes de qualquer contaminação, independente da patologia que acometeu o animalzinho, mesmo em casos de doenças infectocontagiosas.

 

COMO É REALIZADA A CREMAÇÃO

Em seguida já em um invólucro lacrado e etiquetado, ele aguardará em câmara fria, até o momento de processo de cremação, da mesma forma como ocorre com o ser humano.Com a chegada do amiguinho falecido a nossa empresa, ele é identificado, registrado em nosso sistema, e pode, se assim for o desejo de seu tutor, ser preparado para a cerimônia de velório, porém, independente da presença ou não de seus tutores, o tratamento dado a ele é o mesmo, sempre com absoluto respeito e amor.

O nosso forno crematório é o mesmo do de seres humanos (embora que só façamos a cremação de animais nele), e possui a mais alta tecnologia hoje existente no mundo, e tudo supervisionado e licenciado pela CETESB, Secretaria de Meio Ambiente e Vigilância Sanitária.

Na cremação individual o amiguinho é colocado “sozinho” no forno crematório, após ele já estar em altíssima temperatura, e ao término do processo, são retiradas as cinzas do forno e a escolha do tutor dele, elas podem ser colocadas em uma urna para que se tenha uma recordação eterna dele, ou espargidas em um florido jardim para simbolizar a vida.

No decorrer do processo o respeito e o cuidado com seu amiguinho é levado muito a sério, amamos os animais, e nosso propósito é que eles tenham o mais digno tratamento nesse triste episódio da vida.

Você sabia que com a nossa tecnologia, não existe a emissão de fumaça alguma para a atmosfera? E também não existe qualquer mal odor?

Portanto sem qualquer dúvida, a cremação é hoje a melhor opção para que nesse triste momento, você saiba que fez o melhor pelo seu melhor amigo.

Nuvem de Tags